Recordando os jogos de Dragon Ball – pt.I: Final Bout

post_recordando-final-bout

Várias vezes já me pediram para escrever sobre os jogos de Dragon Ball, mas nunca escrevi nada por pessoalmente ter tido contato com poucos jogos, basicamente alguns de PS1 e PS2 e não ser lá um grande conhecedor da arte de jogar e analisar video-games. Mas aí outro dia bateu a saudade e peguei o antigo CD de Dragon Ball Final Bout, e recordei de um dos grandes jogos da série e o primeiro jogo de DB que tive contato.

Decidi, então, escrever uma série de posts recordando cada um dos jogos que fizeram parte da minha infância [dos 8 aos 80 anos, como dizem por ai]. Bora lá!?

Meu primeiro jogo de Dragon Ball foi o famoso Dragon Ball GT: Final Bout, para PSOne . O jogo tinha um diferencial para a época (e para seus antecessores) que era justamente algo que não me agradava muito – o fato de ser 3D. A qualidade gráfica que o PS1 permite não era lá grande coisa, mas podiam sim serem feitos jogos com gráficos bacanas para a plataforma. O de Final Bout simplesmente não me agradava… O que nada mudou nas horas e horas consumidas na frente da televisão para [tentar] zerar o jogo.

O jogo era essencialmente perfeito para a época. Dragon Ball ainda estava em seus anos de ouro no Brasil e todos sabiam todas as manhas do jogo (todos menos eu… só aprendi a lançar um kamehameha anos depois, com a ajuda de um primo portuga também viciado no jogo). A animação de abertura é fantástica; com a eternizada música The Biggest Fight de Hinorobu Kageyama, deixando o jogo inesquecível.

O jogo em si era bem simples de se jogar, com botões de vôo, ataque, defesa e ki, com combinações desses gerando os incríveis ataques especiais. O grande problema dele era o delay que ocorria entre o comando no controle e a execução no jogo. Às vezes acontecia de não poder desviar de um ataque por o computador não responder ao comando no tempo certo. Tristeza… ainda mais quando era para enfrentar o ‘chefão’ do jogo, o Super Baby…

 

Final Bout contava com poucos personagens jogáveis e, curiosamente, o jogo apresentava mais personagens de DBZ que de DBGT, sendo que o nome do jogo é Dragon Ball GT – Final Bout. Com uma manha antes de iniciar o jogo podia-se acrescentar à lista duas personalidades fortes: Super Vegetto e Goku Super Saiyajin 4. Jogando com um dos dois, derrotar Super Baby ficava beeeeem mais fácil.

 

E para encerrar essa curta e simples recordação, um vídeo do gameplay de Final Bout, mostrando uma luta entre Goku e Vegeta e outra entre Super Vegetto e Chibi Goku. Confiram!

Agradecimentos ao nosso amigo Luiz

7 Respostas para “Recordando os jogos de Dragon Ball – pt.I: Final Bout

  1. O melhor jogo de Dragon Ball (e o mais difícil) ainda é aquele que você controlava três personagens simultaneamente em um cenário 3D (porém com os personagens em 2D). Os bonecos eram pequeninos e seu objetivo era surrar seus inimigos até conseguir soltar especiais. Não lembro do nome, mas sempre foi o melhor. Eu zerei aquele jogo duas vezes, porém ele era absurdamente difícil!

  2. Certamente este jogo fez parte da minha vida. Lembro-me que comprei este jogo, sendo que eu nunca tive um console da Sony (utilizava o antigo emulador Bleem!).

    Por muito tempo tive Hironobu Kageyama como meu artista favorito justamente por causa da música “The Biggest Fight”.

    Na época, o jogo era realmente muito bom, me fez esquecer completamente o Dragon Ball Hyper Dimension. Mas jogando-o recentemente, percebe-se que a física do jogo é muito falha. Com o Gohan era possível encaixar um combo no oponente (sem ser a Pan ou o Goku pequeno) que era mais apelão do que a rasteira no Mortal Kombat 1.

    “Só vi que era possível zerar o jogo quando vi você jogando.”
    HAUOHAOHUAOHUOAHUOAHUAHUAHU

  3. honestamente a unica coisa que presta nesse final bout eh a abertura…mas ca entre nós o goku utilizar o teletransporte pra desviar dos ataques do frieza isso ja eh um absurdo….

  4. Nostalgia pura. Nunca tive dificuldade em zerar esse jogo, na verdade a 1° vez que zerei foi com Goku ssj, pq eu não sabia os macetes de chamar os personagens.

    Falando serio nunca gostei dele pra mim o melhor do ps1 é o DBZ Ultimate Battle 22, aquele sim me agradava.

    @PedroLobato se não me engano o nome desse jogo é DB Legends.

  5. caramba eu lembro até hj a manha pra liberar todos os personagens:
    frente, tras, baixo, cima, frente, tras, baixo, cima, 9 vezs triangulo e 11 vezes quadrado😀 Jogo viciantE!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s