Dragon Ball live-action: The Magic Begins [1991]

post_magic-begins

Falar sobre os live-action de Dragon Ball é algo polêmico (mamilos!, ou melhor, Paf-Paf!), mas vamos abrir nossas mentes para essas adaptações bizarras e analisaremos da forma mais cética possível os vários live-action da série.

O primeiro live-action que falaremos é o 新七龍珠 神龍的傳說 (Xīn qī lóng zhū Shén lóng de chuán shuō; lit. ‘”Novo Dragon Ball: A Lenda de Shenlong”), mais conhecido como Dragon Ball – The Magic Begins [1991], uma adaptação chinesa não-oficial do primeiro movie da série, Doragon Bōru Shenron no Densetsu (Dragon Ball: A Lenda de Shenlong no Brasil e Dragon Ball: Curse of The Blood Rubies nos EUA).

A trama gira em torno do grupo de heróis, liderados por Son Goku (no filme chamado de “Monkey Boy“, ‘Garoto Macaco’) tentando impedir que o vilão King Horn (Oh Deus, não traduzirei esse nome…!) de usar as “dragon pearls” (pérolas do dragão – o filme já é uma Pérola, mas tudo bem…) para dominar o mundo.

E o melhor de tudo, é que em 2007 o filme ganhou sua versão remasterizada! Com algumas mudanças no filme, que mostraremos ao contar a história mágica de The Magic Begins.

A história começa em uma pacífica vila, onde a jovem garota Jade está trazendo ao seu pai – o novo chefe da vila – a posse mais preciosa da vila, a pérola do dragão. A cerimônia é bem agradável, com alguns simples aldeões e monges budistas…
… até os Patrulheiros de Massa chegarem. Eles vêm liderados por Zebrata e Malilia, oficiais comandantes subordinados ao alien King Horn.

“Eu sempre consigo o que eu quiser!” Introduzindo King Horn Ele sempre consegue o que quer.

Enquanto as forças de King Horn atacam a vila, o chifrudo mata o chefe da vila e rouba sua pérola do dragão. Agora King Horn tem duas pérolas, só faltando mais cinco.
Na versão remasterizada (“Ultimate Edition“), a cena é assim:
 
  
 PEW PEW PEW
BOOM BANG DOOM
 BOOM BANG DOOM
“OH, DEUS! ESTAMOS TODOS MORRENDO!!”
E para convocar o deus-dragão, King Horn precisa coletar as outras cinco pérolas. Apesar de não saber onde estão, ele tem uma idéia de onde seus comandantes poderão encontrar uma pérola… com um homem chamado Sparkle.

Introduzindo Sparkle. Seu nome é… S-p-a-r-k-l-e…

E seu adorável neto, Monkey Boy.

Sparkle lembra Monkey Boy que ele não se importa com a própria vida, que não importa o que acontece, ele deve proteger a pérola do dragão.

“Eu não deixarei ninguém te machucar, e eu vou proteger a pérola. E especialmente este bastão mágico!” Ele é um amante de maquiagem e non sequiturs… 

Sparkle e Monkey Boy se combatem para decidir quem irá buscar o jantar.

  
  
Pedra, tesoura e papel e a forma chinesa de Simon Says decide o vencedor. Na versão remasterizada:
Sparkle vence (pela incapacidade de Monkey Boy’s jogar Simon Says), o que significa que Monkey Boy tem que buscar comida, decidindo ir procurar peixe. “Oh, que tipo de peixe?”, pergunta Sparkle. “Crocodilo” – responde Monkey Boy.

Nessa cena, a maquiagem do Monkey Boy sai, então ele desconta sua frustração no pobre peixe crocodilo…

Em outro lugar, uma jovem garota com um visual de cowboy procura pelas pérolas do dragão. A caminho da casa de Sparkle, ela quase é atropelada pelo exército de King Horn, retornando o favor e quase atropelando Monkey Boy.

Mas Monkey Boy é durão e balas não são suficientes para matá-lo. Vendo que o garoto não morre, a cowgirl decide fazer as pazes com ele. E é claro, Monkey Boy nunca tinha visto uma garota antes, então ele leva um tempo a mais para estudá-la. “O vovô me disse que existem dois tipos de pessoas: Uns são garotos e outros são garotas. Então você deve ser do outro tipo de pessoa.”

E é aí que aprendemos uma importante lição: “Hey, você não pode me tocar!” ela diz. Então Monkey Boy responde, “Meu avô disse isso também, ele disse que um garoto não deve tocar em uma garota. Ele disse que quem toca é chamado de …”
A garota se apresenta como Seetou. Monkey Boy vê que ela tem uma pérola do dragão e conta a ela sobre a de Sparkle. Seetou percebe então para onde o exército de Horn estava indo, e receoso por seu avô, Monkey Boy corre para casa (deixando para trás seu peixe crocodilo de borracha para trás).
Os comandantes já tinham chegado e subjugado o velho mestre, roubando sua pérola do dragão.
Monkey Boy retorna e só encontra uma casa em chamas (toda sua maquiagem estava lá!). Para vingar seu avô (e sua maquiagem perdida), Monkey Boy se junta a Seetou para encontrar outras pérolas do dragão. Assim que partem, entram em um confronto com os oficiais comandantes de King Horn.

Nossos ‘heróis’ sobrevivem ao ataque, mas o jeep de Seetou é feito em pedaços com a explosão, então Monkey Boy arruma um elefante para que possam viajar. Eles viajam até escutarem um grito de socorro de uma garota e vão ajudá-la.

“Você é uma garota tão bonita! Você vai ser minha esposa.”

“Eu não quero me casar com você, você é muito feio!”

Monkey Boy chega e derrota Pig Guy.

Quando ele vê Seetou, ele decide que quer ela ao invés de Jade.

Então Pig Guy pede clemência a Monkey boy, dizendo que se Monkey Boy o poupasse ele iria puxar seu saco e ser seu servo. “Senhor, eu sou muito bom em puxar saco, como pode ver. Eu posso te fazer se sentir muito especial!”. “Eu não gosto de pessoas puxando meu saco!”; com isso dito, Pig Guy mostra a Monkey Boy sua técnica mágica – transformação! Ele se transforma em uma variedade de cross-dressing e garotas até finalmente socar Monkey Boy na cara, transformar-se em um morcego e fugir. Isso não funciona por Monkey Boy usar seu bastão mágico e dar uma surra em Pig Guy.

“Oh, agora você se transformou em um gordinho!”

“Essa é minha forma original.”

E acaba que nosso transformo Pig Guy era o 91º descendente de Pig Fairy e seu nome é Piggy. Monkey Boy diz que é o 91º descendente do Monkey King (o Son Goku original, de Jornada para o Oeste), então Piggy fala que assim como seus ancestrais, os dois deviam ser irmãos de armas e logo Piggy se une a Monkey Boy. E só para entrar numa perigosa enrascada!

Westwood, o bandido do oeste
E seu papagaio falante, Ms. Snow White.

Confiante do kung-fu de seu novo irmão, Piggy provoca. “Nós temos dinheiro, mas você não vai tê-lo!”. Westwood responde, “Então os enviarei para o inferno!”. E então a luta começa.
 
  
 
Os dois levam uma luta equilibrada, até que Seetou chega.

“O que? Você chama ISSO de lindo?” Diz Monkey Boy. “Hah! E isso aqui?”

 
Com sua fraqueza perto de mulheres revelada, Westwood e Ms. Snow White fogem para a floresta. A noite, eles escutam a conversa de Monkey Boy, Seetou, Piggy e Jade sobre as pérolas do dragão, e Jade revela que sua única esperança para se livrar de King Horn é Turtle Man. Westwood dicide que ele realmente precisa daquelas pérolas do dragão (ele já tinha uma, que havia roubado há alguns anos, mas não fazia idéia do que era) para poder acabar com sua frescura medo de mulheres. Então ele vai até Turtle Man na frente do grupo de Monkey Boy, esperando que o lendário mestre de kung fu derrote Monkey Boy para ele.
Westwood chega, tenta convencer Turtle Man que ele não está tentando roubas sua nuvem mágica, mas alertá-lo sobre Monkey Boy, que logo chega com seu grupo. Turtle Man acaba se interessando mais em Seetou do que em outra coisa.

Turtle Man decide testar quem está mentindo ao fazer Monkey Boy e Westwood subirem na nuvem mágica. A nuvem rejeita completamente Westwood e obedece todo comando de Monkey Boy, então Turtle Man – ainda bravo com a nuvem mágica – a entrega a Monkey Boy. Ele pube Westwood fazendo-o entregar sua pérola do dragão a Seetou.

Westwood foge e Turtle Man mostra aos nossos heróis sua pérola do dragão. Ele a oferece a Seetou, mas… por um preço. Ele quer ver seus peitos. Seetou aceita, mas faz Piggy ir em seu lugar. “Eu não poderia pagá-lo para me ver pelado!” diz Piggy. Mas Seetou o lembra que ele pode se transformar nela. Em troca, Piggy que ele quer vê-la pelada… então Seetou o lembra que ele pode ver a hora que quiser.

(Piggy parece se divertir demasiadamente entretendo Turtle Man…)
Com três pérolas do dragão em posse, a turma está pronta para continuar a busca pelas outras pérolas.
Zeblaaaah e Meliaaaah chegam na ilha de Turtle Man, atirando pra todo lado com o exército de Horn. Monkey Boy não tem a menor chance contra eles, então Turtle Man ordena que peguem a nuvem mágica e fujam. A turma foge deixando Turtle Man para enfrentar o exército inteiro sozinho. Infelizmente, suas pérolas são roubadas antes de conseguirem fugir, fazendo com que King Horn tenha seis das pérolas.
A turma volta e se encontra com Turtle Man e Westwood, e discutem como encontrar a última pérola antes de King Horn.

Piggy estava com ela o tempo todo…!

Com a última pérola, o grupo se dirige para enfrentar King Horn!!
 
Piggy, além de tudo, é um Rambo na linha de batalha
 
Westwood e Monkey Boy enfrentam Malilia… até que Piggy a fuzila (no maior sangue frio.) Enquanto isso, Turtle Man luta com Zebrata… até que Seetou o explode em pedacinhos.
Até que finalmente os heróis vão enfrentar King Horn, que pegou Sparkle como refém. Monkey Boy tenta lutar com King Horn, mas ele não tem a menor chance contra seu kung fu superior. E como Turtle Man se recusa a entregar a última pérola do dragão King Horn, o vilão convoca os espíritos dos mortos para atacá-los…!!
 

Usando seu bastão mágico, Monkey Boy quebra o feitiço de King Horn. Descobrindo que King Horn escondia suas pérolas em seu estômago, Turtle Man, Sparkle e Monkey Boy forçam a última pérola pela garganta de Horn… fazendo-o explodir!

E finalmente, o Deus Dragão é convocado.
Na versão original:
Na versão remasterizada:
Jade pede que sua vila volte ao normal e tudo acaba terminando bem.

“Eu tenho um desejo” diz Westwood.
“Sim, o que é?” pergunta Monkey Boy.
“Eu quero lutar com você de novo!”
“Bem, seu desejo é uma ordem!”

 

E o filme termina com um frame congelado de Rocky III.Finalmente…FIM graças ao bom Kami-sama!!

Agradecemos especialmente ao nosso mais novo parceiro Biba Sen’nin, do Dragon Blog, por escrever o post original, do qual adaptamos para fazer este (inclusive as partes com as onomatopeias!). Nunca tive coragem e paciência para assistir a esse live-action, e graças ao resumo do nosso amigo, podemos compartilhar o conteúdo que muitos já haviam pedido.

8 Respostas para “Dragon Ball live-action: The Magic Begins [1991]

  1. Nossa, mas esse live-action é uma bosta mesmo, nem sei como a Toei não percebeu que eles estavam copiando Dragon Ball, nem acredito que existem atores tão desesperados que chegam a fazer um bosta de filme como esse, ri muito daquele Shen Long escroto da versão remasterizada!!! Quem fez essa versão remasterizada? A mesma empresa que fez o primeiro filme?

  2. Foi cópia descarada mesmo do movie, mas como os direitos autorais de Dragon Ball não são nem um pouco baratos, decidiram que seria mais simples mudar o nome dos personagens e ignorar o fato do filme não ser oficial… Provavelmente foi a própria empresa que fez o primeiro filme mesmo que fez essa “remasterização”

  3. atendendo aos recursos da epoca diria k pouco pior ta k o atual. o atual esta uma autentica contradiçao a tudo o k e dragon ball.
    mas pronto tem dragon ball no nome e ja e o suficiente para o pessoal vender bem

  4. eu assisti a ”versao original” no youtube e pelo amor de deus so tive a vontade de espancar o diretor que fez essa desgraça! cara o radar do dragao era um game-boy!!!!! mas se formos comparar essa coisa com a versao americanizada esta ganha, mas tb nao deixa de ser uma vergonha pra dizer o minimo…….. infelizmente ta longe de db/dbz ganharem um live-action de respeito.
    se o diretor que fez a versao live-action do manga azumi se interessasse em fazer db eu seria a primeira da fila a assistir o filme!!!

  5. se for perceber bem, tem dois itens ai que tem no filme evolution (q também é uma bosta) quando explodem a casa do monkey boy, pegam a pérola/esfera e monkey boy pensa que sparkle morre. No evolution acontece o mesmo, só que o avô do goku realmente morre e a esfera também é capturada. e a cena final que o westwood trava uma luta com o monkey boy, no evolution o goku trava uma luta com a chi chi. seria apenas coincidências ou um plágio?

  6. Cara isso é serio, ainda bem que não fui atrás dessa bosta. Sinceramente acho que muitos deveriam entender que Db não foi feito para virar live-action, e o mais impressionante é que esse ainda teve edição especial e remasterizada.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s